Pular para o conteúdo
Início » Artigos » Como aumentar restituição do IR? Veja 6 dicas para 2024 

Como aumentar restituição do IR? Veja 6 dicas para 2024 

Compartilhe:

A temporada de Declaração de Imposto de Renda está se aproximando e muitos brasileiros já estão pensando em como maximizar sua restituição para 2024. A restituição do IR é o valor devolvido pela Receita Federal ao contribuinte que pagou mais imposto do que deveria ao longo do ano. Com algumas estratégias inteligentes, é possível aumentar este valor. Neste artigo, vamos compartilhar seis dicas fundamentais que ajudarão você a otimizar sua restituição do IR.

Para aqueles que querem aproveitar ao máximo suas finanças e garantir um alívio no bolso, é crucial saber quais despesas podem ser deduzidas, como organizar documentos e quais são os erros comuns a evitar. A seguir, exploramos cada uma dessas abordagens em detalhes.

### 1. Reúna e Organize Toda a Documentação

A preparação detalhada é fundamental para maximizar sua restituição do IR. Comece organizando todos os comprovantes de despesas dedutíveis, tais como:

– Comprovantes de pagamento de despesas médicas
– Recibos de mensalidades escolares
– Notas fiscais de empregadas domésticas
– Comprovantes de contribuição à previdência social e privada

Organizar esses documentos em uma pasta ou software de contabilidade ajudará a garantir que você não perca nenhuma dedução importante.

### 2. Dedução de Despesas Médicas

As despesas médicas são uma das maiores oportunidades de dedução, pois não têm limite de valor. Desta maneira, certifique-se de incluir todos os seguintes custos:

| Tipo de Despesa | Pode Deduzir? |
|——————————|—————|
| Consultas médicas | Sim |
| Exames laboratoriais | Sim |
| Internações hospitalares | Sim |
| Medicamentos prescritos | Não |
| Planos de saúde | Sim |

Inclua todos os gastos com médicos, dentistas, terapeutas, além de hospitais e planos de saúde. Tenha sempre os comprovantes para assegurar que a dedução seja aceita pela Receita Federal.

### 3. Educação: Invista na Dedução Escolar

Gastos com educação podem ser deduzidos, mas há limites. Para o ano de 2024, o teto é de R$ 3.561,50 por dependente. As despesas que se enquadram incluem:

– Mensalidades escolares de educação infantil, fundamental, médio e superior
– Cursos técnicos e profissionalizantes

Cursos de idiomas e preparatórios não entram nesta dedução. Certifique-se de ter todos os recibos e comprovantes para incluí-los na sua declaração.

### 4. Dependentes e Dedução Simplificada

Adicione todos os dependentes que você possui e que se enquadram nas normas da Receita, tais como:

– Filhos até 21 anos
– Filhos até 24 anos, se estiverem cursando ensino superior
– Pais, avós e bisavós, se as despesas com eles forem suas responsabilidades e eles não possuam rendimentos superiores ao limite de isenção

A dedução por dependente pode fazer uma diferença significativa na sua restituição final.

### 5. Contribuições à Previdência

Você pode deduzir as contribuições feitas à previdência social e previdência privada. As contribuições à previdência social são automaticamente informadas pelos empregadores, mas lembre-se de incluir qualquer pagamento de INSS sobre empregadas domésticas.

Quanto à previdência privada, os planos do tipo PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) permitem deduções de até 12% da renda bruta anual. Certifique-se de verificar com seu banco ou instituição financeira sobre como incluir estas informações na sua declaração.

### 6. Considere a Declaração Completa ou Simplificada

A Receita Federal oferece duas formas de declaração: o modelo completo e o modelo simplificado. O modelo simplificado oferece um desconto padrão de 20% sobre a renda tributável, limitado a R$ 16.754,34. Para saber qual modelo é mais vantajoso, compare os dois métodos utilizando um software de declaração de IR.

Cálculo Comparativo:

| Item | Completo | Simplificado |
|———————————–|———-|————–|
| Renda bruta anual | R$ 100.000 | R$ 100.000 |
| Despesas dedutíveis | R$ 20.000 | — |
| Desconto padrão (20%) | — | R$ 16.754,34 |
| Base de cálculo | R$ 80.000 | R$ 83.245,66 |
| Imposto devido | R$ 12.000 | R$ 12.486,85 |

Ao fazer essa comparação, escolha o modelo que resultar no menor imposto devido ou maior restituição.

### Conclusão

Maximizar sua restituição do Imposto de Renda requer um planejamento minucioso e uma compreensão aprofundada das regras fiscais. Reunir toda a documentação necessária, entender quais despesas são dedutíveis e optar pelo modelo de declaração mais vantajoso são passos críticos neste processo.

Seguindo essas seis dicas práticas, você estará no caminho certo para uma restituição maior em 2024. Lembre-se sempre de revisar todas as informações antes do envio da declaração para evitar erros que possam atrasar sua restituição ou até mesmo gerar multas e penalidades.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *